Ligações Intermoleculares

Queridos Nerds,

Neste post, vamos explorar as ligações químicas mais cobradas em exames vestibulares, as intermoleculares. Os diferentes tipos de ligações ocorrem apenas nos estados líquido (menor quantidade) e sólido (maior quantidade).

 

Tipos de Ligações

1. Ligações de Van de Waals

Realizadas por moléculas apolares, são as ligações mais fracas. Como consequência, normalmente são gasosos à temperatura ambiente.

É também conhecida como dipolo temporário, dipolo induzido ou forças de london.

Exemplos: gases hidrogênio (H2), cloro (Cl2) e outros.

 

2. Ligações de Dipolo-dipolo

É formada por moléculas polares. Apresentam uma força de interação maior do que as anteriores por apresentarem polaridade (a parte negativa de uma molécula exerce atração sobre a positiva da outra). Também recebem o nome de dipolo permanente.

Exemplo: ácido clorídrico (HCl)

 

3. Ligações de Hidrogênio

São as ligações mais fortes e as que mais aparecem em questões de vestibulares. Formadas  pela ligação do hidrogênio com flúor, oxigênio ou nitrogênio (H + FON), também são conhecidas como Pontes de Hidrogênio.

Por estar presente na molécula de água, essa ligação é a mais cobrada em prova. Veja mais em Ligação de hidrogênio e suas curiosidades

Exemplos: água (H2O), ácido fluorídrico (HF) e amônia (NH3)

 

Força

Quanto maior a polaridade das moléculas, maior a força de atração entre elas.

Ligação de Hidrogênio > Dipolo-dipolo > Van der Waals

 

Pontos de Fusão e Ebulição

Os processos de fusão e ebulição envolvem o afastamento ou separação das moléculas. Para tal, as ligações entre as mesmas devem ser rompidas. Quanto maior for a força de atração entre as moléculas, maior será a energia necessária para rompê-la. Com isso, a temperatura será maior. 

Ligação de Hidrogênio > Dipolo-dipolo > Van der Waals

 

Caiu no ENEM

(2011)

Questão 56 - ENEM 2011 - Prova Rosa

 

Resolução:

 



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2018. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria