Funções Inorgânicas

Queridos Neds,

Neste post falaremos sobre as funções inorgânicas e suas classificações. Vamos à elas:

 

1. Óxidos

São binários onde o oxigênio é o elemento mais eletronegativo. 

BxOy

De uma maneira rápida e direta, óxido tem sempre dois elementos com o oxigênio no final da fórmula.

Exemplos: Na2O, CaO e Fe3O4.

  • Classificação de Óxidos:

- Óxidos Básicos: reagem com água formando base. Ocorrem quando ao lado do oxigênio tem-se um metal com NOX +1, +2 ou o Bi3+.

Ex.: K2O, BaO.

- Óxidos Ácidos: reagem com água formando ácido. Ocorrem com Me+6, Me+7 e ametais (exceto os ametais que formam óxidos neutros).

Ex.: SO3, Mn2O7.

- Óxidos Anfóteros: não apresentam um caráter definido, podendo ter comportamento ácido ou básico, dependendo da situação. Ocorrem com Me+3, Me+4, Pb+2, Zn+2 e Sn+2.

Ex.: Fe2O3, PbO.

- Óxidos Neutros: não reagem com água. São eles: NO, CO e N2O.

- Óxidos Salinos, Duplos ou Mistos: são formados pela soma de dois óxidos. Apresentam a fórmula geral X3O4.

Ex.: Co3O4.

- Peróxidos: apresentam oxigênio com NOX = -1.

Ex.: H2O2, CaO2.

- Superóxidos: apresentam oxigênio com NOX = -1/2.

Ex.: K2O4, BaO4.

 

2. Bases (ou Hidróxidos)

Substâncias que liberam OH- (hidoxila) em solução aquosa.

NaOH   +   H2O   --->   Na+(aq.)   +   OH-(aq.)

B(OH)x

Na prática, base é toda substância inorgânica que termina com OH.

Ex.: KOH, Ca(OH)2 e Fe(OH)3.

  • Classificação de bases:

- Quanto ao número de OH-:

. Monobase: CuOH

. Diabase: Ba(OH)2

. Tribase: Fe(OH)3

. Tetrabase: Pb(OH)4

 

- Quanto à força:

. Fortes: bases das famílias 1A e 2A.

. Fracas: todas as demais


- Quanto à solubilidade:

. Solúveis: bases da família 1A e NH4OH

. Pouco solúveis: 2A

. Insolúveis: todas as demais

 

3. Ácidos

Substâncias que liberam H+ em solução aquosa.

H2SO4   +   H2O   --->   2 H+(aq.)   +   SO42-(aq.)

HxA

Na prática, ácido é toda substância inorgânica que começa com H (exceto H2O e H2O2).

Ex.: HCl, H2CO3 e H3PO4.

  • Classificação de ácidos:

- Quanto à presença do oxigênio:

. Hidrácidos: sem oxigênio.

Ex.: HCl, H2S.

. Oxiácidos: com oxigênio.

Ex.: HClO, H2SO3.

 

- Quanto ao número de hidrogênios:

. Monoácido: HNO3

. Diácido: H2SO4

. Triácido: H3PO4

. Tetrácido: H4P2O7


- Quanto à força:

. Nos hidrácidos:

Fortes: HCl, HBr, HI

Moderado: HF

Fracos: todos os demais

. Nos oxiácidos:

X = número de oxigênios - número de hidrogênios

Se X >= 2, ácido forte. Ex.: HClO4

X = 1, ácido moderado. Ex.: HNO2

X = 0, ácido fraco. Ex.: HIO

 

4. Sais

São formados na reação de um ácido com uma base (Reação de Neutralização).

Ex.: HCl   +   NaOH   --->   NaCl   +   H2O

Não há maneira prática de reconhecer um ácido. Informalmente dizemos que é um sal quando não se aplicar a nenhum dos outros casos anteriores.

  • Classificação de sais:

- Quanto a presença de radicais:

. Sal neutro: não há radicais. Ex.: KCl

. Sal ácido: apresentam H+. Ex.: KHSO3

. Sal básico: apresentam OH-. Ex.: MgOHCl

 

Caiu no ENEM

(2009) O processo de industrialização tem gerado sérios problemas de ordem ambiental, econômica e social, entre os quais se pode citar a chuva ácida. Os ácidos usualmente presentes em maiores proporções na água da chuva são o H2CO3, formado pela reação do CO2 atmosférico com a água, o HNO3, o HNO2, o H2SO4 e o H2SO3. Esses quatro últimos são formados principalmente a partir da reação da água com os óxidos de nitrogênio e de enxofre gerados pela queima de combustíveis fósseis.

A formação de chuva mais ou menos ácida depende não só da concentração do ácido formado, como também do tipo de ácido. Essa pode ser uma informação útil na elaboração de estratégias para minimizar esse problema ambiental. Se consideradas concentrações idênticas, quais dos ácidos citados no texto conferem maior acidez às águas das chuvas?

a) HNO3 e HNO2
b) H2SO4 e H2SO3 
c)  H2SO3 e HNO2 
d)  H2SO4 e HNO3 
e)  H2CO3 e H2SO3 

 Gabarito nos comentários.



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2017. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria