Radioatividade

Radioatividade é a propriedade que alguns átomos possuem de emitir partículas e radiações de seu núcleo para o meio externo. A instabilidade desses núcleos surge  com o aumento dos números atômicos, já que quanto mais prótons, maior a repulsão entre eles (cargas positivas). O tema é bastante interessante e são inúmeras as aplicações práticas do mesmo. Porém, para exames vestibulares, merece destaque os tipos de emissões, suas propriedades e os fenômenos nucleares. 

 

Tipos de Emissões Nucleares e suas propriedades


Partículas Alfa

Formadas por dois prótons e dois nêutrons. Por apresentar a maior massa têm o menor poder de penetração quando comparada com as outras.

Seu decaimento radioativo pode ser representado pela equação abaixo:

Decaimento Alfa


Partículas Beta

Formadas por um elétron. Como não existem elétrons no núcleo, na verdade são formadas pela atividade de um nêutron instável que se transforma em um próton (que permanece no núcleo), um elétron (que é emitido como partícula beta) e um neutrino (onda eletromagnética). Tem poder de penetração intermediário e seu decaimento radioativo pode ser representado da seguinte maneira:

Decaimento Beta 


Ondas Gama

São ondas eletromagnéticas desprovidas de carga e massa. Tem o maior poder de penetração das três, já que não possui massa.

 

Observe a ilustração abaixo que resume o poder de penetração dessas emissões:

Poder de penetração das partículas 

Fenômenos Nucleares

 

Fissão Nuclear

Ocorre quando um grande núcleo radioativo é bombardeado por um nêutron formando núcleos menores, outros nêutrons e uma grande quantidade de energia.

É a reação utilizada para a geração de energia nuclear e também para a construção de uma bomba atômica. A diferença básica está na massa de urânio utilizada no processo.

Por liberar vários neutrôns, o processo gera uma reação em cadeia. Exemplo:

Fissão Nuclear

 

Fusão Nuclear

Ocorre quando dois núcleos menores são fundidos em um único maior, liberando uma ABSURDA quantidade de energia (bem maior que na fissão!). Ocorre apenas a altíssimas temperaturas. Observe:

Fusão Nuclear

 

Como isso se aplica a minha vida?

Uma aplicação prática bem famosa é o Raio X. Descobertos no final do século XIX, esses raios são ondas eletromagnéticas usadas principalmente na Medicina para pesquisa de fraturas, tratamento de tumores etc. Em algumas substâncias, como compostos com cálcio, esses raios são absorvidos facilitando a formação de fotografias. Resolva a questão abaixo presente em uma das provas do ENEM.

Questão Radiatividade

Gabarito: nos comentários.

Gostou do post? Não deixe de clicar no botão "Curtir" lá em cima!

Quer que eu escreva algo em especial? Peça nos comentários abaixo!

Sigam nossa Fan Page no Facebook!

Boa preparação!



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2018. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria