O BARROCO: A ARTE DAS INCERTEZAS

Galera fera! Hoje é dia de Literatura.

Seguindo o estudo, vamos ver o primeiro Movimento Literário ocorrido no Brasil. Trata-se do Barroco, pensamento cultural que avançou por muitos países da Europa, marcando profundamente a arquitetura, a escultura, a literatura e a pintura de quase dois séculos de história. Antes de vermos como o Barroco influenciou a arte brasileira, vamos compreender esse estilo de época tão belamente controverso. Vamos à aula?

 

O DESEQUILÍBRIO NO MUNDO DA FÉ

Século XVI. Europa. Em 1517, Martinho Lutero divulga um conjunto de 95 teses denunciando a venda de indulgências como prática corrupta da Igreja Católica. Para ele, o único caminho era uma vida regrada, marcada pela religiosidade, pelo arrependimento sincero dos pecados e pela confiança na misericórdia de Deus.

Além da Alemanha, toda Europa passa a conhecer os preceitos luteranos. Muitos fiéis abandonaram a Igreja Católica. Lutero é excomungado pelo Papa Leão X, mas a Reforma Protestante já se encontra difundida entre muitos homens.

 

A CONTRARREFORMA

Quase três décadas depois, há uma reação católica à reforma luterana com a instalação do Concílio de Trento, definindo medidas que pudessem conter a evasão das igrejas e a “perda” na fé católica.

As medidas mais importantes foram:

  • o ressurgimento do Tribunal do Santo Ofício (Santa Inquisição);
  • a criação do Index Librorum Proibitorum para os católicos. Entre as leituras proibidas, Copérnico, Galileu, Descartes, Rousseau, Victor Hugo, Alexandre Dumas, Sartre. A relação deixou de ser feita na metade do século XX;
  • a criação da Companhia de Jesus, no combate à Reforma, por meio da catequização dos povos que pertenciam às colônias portuguesa e espanhola.

 

 A CULTURA BARROCA

Como movimento cultural, o Barroco inicia-se ao final do séc XVI, ganha força, principalmente no séc XVII e segue até o início do séc XVIII, perpassando pela Itália, pela Espanha, pela Holanda, chegando às colônia, como o Brasil.

Toda situação de tensão e de conflito religioso influencia o Barroco em todas as artes. Por essa feita, os artistas barrocos unem aspectos contraditórios. Vamos a 

  •  sagrado x profano
  • luzes x sombras (chiaroscuro)
  • paganismo x cristianismo
  • racional x irracional
  • perdão x culpa

 

É a representação do mundo instável.  Há a tensão entre harmonia e desarmonia. Muitos estudiosos defendem que o próprio  título “barroco”,  dado a este estilo de época, reflete a irregularidade do movimento, por significar “pérola irregular”, “pérola deformada”.

 A chave para compreender a literatura barroca é aceitar que ela foi escrita com o objetivo de desencadear uma reação no público leitor.

 Embora muito restrita à corte, às universidades e centros de poder, a circulação dos textos literários cria um diálogo produtivos entre autores diferentes, gerando as Academias (agremiações) que avaliam o que é produzido na época.

 O público barroco é essencialmente composto por poetas, por isso, os textos eram mais elaborados para leitores sofisticados.

 

CARACTERÍSTICAS

  • FUSIONISMO: fusão das visões medieval e renascentista (antagônicas). É a união dos opostos.
  • CULTO DOS CONTRASTES: perdão/pecado;carne/espírito;juventude/velhice; céu/terra/erotismo/espiritualidade.
  • PESSIMISMO: o conflito religioso gera descontentamento e tensão, acentuando o caráter pessimista em algumas obras a respeito do mundo, da vida terrena (busca pelo Paraíso)
  • FEÍSMO: Aspecto cruéis, dolorosos, repugnantes.
  • REBUSCAMENTO / HERMETISMO: linguagem e conceitos fechados, difíceis.
  • TEATRALIDADE: representação do movimento, a partir das curvas (opondo-se às retas renascentistas); ao drama (na escultura, a representação dos olhos arregalados); conferindo um caráter exagerado, afetado, a fim de provocar o receptor. 
  • FIGURAS DE LINGUAGEM: as mais comuns são hipérbole, hipérbato, paradoxo, antítese, metáfora.

 

AS CORRENTES BARROCAS

I. CULTISMO (gongorismo)

                Predominante na poesia e tendo como maior representante, o espanhol Luis de Góngora Y Argote, o cultismo caracteriza-se pela elaboração muito rebuscada da linguagem, apresentando:

                - jogos de palavras: sinonímias, antonímias, trocadilhos, perífrases

                - jogos de imagens: figuras de linguagens (paradoxos, antíteses, metáforas, hipérbatos, hipérboles)

                - jogos de construção: sintaxe elaborada

II. CONCEPTISMO (quevedismo)

Esse estilo predomina em textos em prosa. A elaboração está no aspecto conceitual do texto, valorizando a construção intelectual, o conteúdo. Recorre à metáforas, hipérboles, paradoxos, antíteses. Seu maior representante foi Antonio Quevedo.

  

OS ARTISTAS BARROCOS

É importante o reconhecimento dos principais artistas que propagaram este estilo pela Europa.

- Música:

Johann Sebastian Bach; Antonio Vivaldi; George Friedrich Handel.

Pintura:

Diego Velázquez; Michelangelo Caravaggio; Rembrandt; Rubens.

Escultura:

Gian Lorenzo Bernini; Francesco Borromini; Nicola Salvi.


Cool Dica Pipoca:

Filmes que ajudam a compreender a situação entre católicos e protestantes no período da Reforma e Contrarreforma:

“A Rainha Margot” , 1994;

“Lutero”, 2003 -  http://www.youtube.com/watch?v=s9MYHLD_3tQ

 

Por hoje é só! Curtam e compartilhem!

Até a próxima!

 Wink Michelle Nunes 




@ copyright ( Sou + ENEM ) 2018. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria