Vulcão Sakurajima entra em erupção pela 500ª vez no Japão

18.08.2013

Vulcão Sakurajima entra em erupção pela 500ª vez no Japão

 Uma coluna de fumaça foi vista em Kagoshima, no sul do país.É a 500ª vez no ano que o vulcão entra em atividade.

Fonte: G1.globo.com

18/08/2013 11h39 - Atualizado em 18/08/2013 12h10

Fotos divulgadas pelo Observatório Meteorológico de Kagoshima mostram uma coluna de fumaça vulcânica saindo do Monte Sakurajima, no sul da ilha japonesa de Kyushu neste domingo (18).

 A agência de notícias Kyodo informou que o vulcão explodiu durante a noite, marcando a 500ª erupção no ano de um dos vulcões mais ativos do Japão. Não há relatos imediatos de feridos.

Abaixo a imagem do monte desaparecido após a erupção.

Reportagem completa em: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2013/08/vulcao-sakurajima-entra-em-erupcao-no-japao.html

 

Como o assunto poderia ser cobrado no Enem?

O impressionante número apresentado pela questão é assustador para algumas pessoas, o vulcão Sakurajima entrou em erupção pela 500ª vez, obviamente, sem contar os períodos em que as erupções não eram contabilizadas.

A intensa atividade vulcânica e a ocorrência de abalos sísmicos, ambas estão ligadas a existência de encontro de placas tectônicas. As placas tectônicas são as imensas massas rochosas que em conjunto forma a crosta terrestre (litosfera) e que possuem em seus topos os nossos continentes, dando assim uma magnitude dessas placas.

As áreas que estão próximas aos limites da placa sofrem com uma intensidade e uma ocorrência muito maior de eventos tectônicos. No caso japonês, o país se encontra não só em uma área limite, mas, consegue estar no encontro de três placas tectônicas (Placas: Eurásia, Filipinas e do Pacífico). Tal condição geológica explica a intensa ocorrência de eventos vulcânicos e sísmicos. Observe a disposição das placas japonesas abaixo:

O vulcanismo: a liberação do magma

magma quando consegue chegar à superfície (passando a ser chamado de lava) gera grandes danos nos casos que o processo ocorre próxima a áreas ocupadas. O processo de liberação pode ocorrer de maneira suave, sendo chamada de derrame, ou de maneira explosiva, sendo chamada de erupção.

A liberação do magma ocorre em áreas de encontro de placas, entretanto, existe mais uma possibilidade, a existência de hot spots (pontos quentes em Inglês), esses pontos são "vazamentos" de magma e não necessariamente ocorrem próximos aos limites da placas. Um grande exemplo de hot spot é o Havaí.

Brasil: o caso contrário

Se de um lado observamos um país de intensa atividade geológica como o Japão, de outro temos o caso brasileiro. O Brasil tem uma extensão territorial imensa (5º maior país do mundo) e contrariando a probabilidade, é o único país de dimensões continentais com nenhuma área localizada em limites de placas, isso explica porque o Brasil não apresenta atividade vulcânica e nem fortes terremotos.

Como seria uma questão do Enem

 A imagem abaixo mostra um triste fato da rotina japonesa, a ocorrências de eventos tectônicos.

Marque a opção que relaciona corretamente as condições físicas encontradas em território japonês.

a)      O território japonês é marcado pelo encontro de duas placas tectônicas que regularmente se chocam e geram terremotos no Japão, por sorte, não acontecem outros tipos de fenômenos ambientais.

b)      As placas que se encontram sob o território do Japão são responsáveis pelos eventos tectônicos (terremotos e maremotos) que acontecem em torno de duas vezes por ano.

c)       O território japonês é fruto de uma formação geológica antiga que sofre com fortes erosões, fazendo com que as pessoas imaginem estar em uma área de encontro de placas.

d)      Como mostrado no mapa, nem todos os eventos tectônicos ocorrem em terra, sendo assim, os maremotos não geram consequências ao relevo e à população japonesa.

e)      A grande área de encontro de placas localizadas no Japão, além de garantir uma enorme ocorrência de eventos tectônicos, como terremotos e tsunamis, afetou no montanhoso território do país.

Gabarito nos comentários!

 

Bom estudo e até a próxima!!




@ copyright ( Sou + ENEM ) 2014. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria