Independência dos EUA - Aula 01

Saludos amigos,

hoje iniciaremos os estudos referentes ao processo que conduziu à independência das 13 Colônias Inglesas na América. Dividiremos esse tema em duas aulas: na primeira conversaremos sobre as características de formação das 13 Colônias e na segunda analisaremos as lutas de enfrentamento pela independência propriamente dita.

Para entendermos melhor o processo de independência norte-americano é importante conhecermos um pouco sobre a colonização deste território. Os ingleses começaram a colonizar a região no século XVII. A colônia recebeu dois tipos de colonização com diferenças acentuadas devido ao diferente clima que não permitia o mesmo tipo de investimento mercantilista:

 

Colônias do Norte: região colonizada por protestantes europeus, principalmente ingleses, que fugiam das perseguições religiosas. Chegaram à América do Norte com o objetivo de transformar a região num próspero lugar para a habitação de suas famílias. Também chamada de Nova Inglaterra, a região sofreu uma colonização de povoamento com as seguintes características: mão-de-obra livre, economia baseada no comércio, pequenas propriedades e produção para o consumo do mercado interno. A ausência das amarras do exclusivo colonial na região chamamos de negligência salutar, sendo geratriz de grande liberdade, sobretudo, econômica.

Colônias do Sul: colônias como a Virgínia, Carolina do Norte e do Sul e Geórgia sofrera uma colonização de exploração. Eram baseadas no latifúndio, mão-de-obra escrava, produção para a exportação para a metrópole e monocultura.

 

O Fim da Negligência Salutar

Durante o século XVIII uma sensível mudança de postura foi perceptível por parte da metrópole Inglesa, principalmente a partir de um conflito travado contra a França em terras americanas: A Guerra dos Sete anos (1756-1763). Gerada pela posse de territórios na América do Norte e a Inglaterra saiu vencedora. Mesmo assim, a metrópole resolveu cobrar os prejuízos das batalhas dos colonos que habitavam, principalmente, as colônias do norte. Com o aumento das taxas e impostos metropolitanos, os colonos fizeram protestos e manifestações contra a Inglaterra. A Inglaterra resolveu aumentar vários impostos e taxas, além de criar novas leis que tiravam a liberdade dos norte-americanos. Dentre estas leis podemos citar : Lei do Chá (deu o monopólio do comércio de chá para uma companhia comercial inglesa), Lei do Selo (todo produto que circulava na colônia deveria ter um selo vendido pelos ingleses), Lei do Açúcar ( os colonos só podiam comprar açúcar vindo das Antilhas Inglesas).

 

Bem amigos, continuamos no nosso próximo encontro. E não se esqueça: “Não vá se perder por aí!”



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2018. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria