Governo JK - "Anos dourados"

Saludos amigos! Estudaremos hoje a transição do governo Vargas - JK conhecido como "anos dourados".
Introdução- Após a morte de Getúlio Vargas em 1954, toma a posse da presidência seu vice, Café Filho da UDN, e o calendário eleitoral se mantem, com as eleições presidenciais para outubro de 1955, disputando JK do PSD e Távoras do UDN.
Com a vitória de JK, o mesmo toma posse da presidencia no ano de 1956, iniciando o período que seria conhecido como "anos dourados". Entenderemos o por quê.
O governo de JK contou com estabilidade política, uma vez que alguns fatores auxiliaram como a anterior política varguista e alguns pontos de seu governo:
-diálogo com o povo
-maioria no congresso
-Jango vice
-Lott ministro da guerra garantindo sua posse com o "golpe preventivo" 
- crescimento econômico

Além desses fatores que proporcionaram uma estabilidade política, o plano de governo de JK contava também com um plano de metas, que consistia em um modelo chamado de modelo "tripé" ou nacional desenvolvimentista

Capital estatal investidos em energia e indústria + Capital nacional investidos na indústria de bens de consumo não duráveis +  Capital estrangeiro investidos no setor automobilístico

Colocou em ação o plano de metas, 31 metas divididas em seis grupos: transporte, energia, alimentação, indústria de bade, educação e a construção de Brasília, para que o brasil desenvolvesse 50 anos em 5. Os investimentos industriais eram basicamente todos na região sudeste, provocando um grande movimento de migração para essa região. 

Essa política desenvolvimentista e de abertura para o capital estrangeiro, gerou alta inflação da dívida externa, o que no fim de seu governo, em 1960 ficou conhecida como "a herança maldita".



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2017. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria