Análise da Prova 2013

Saludos amigos,

faremos agora a análise da prova de humanidades do Enem, ou melhor, das questões que envolviam as disciplinas de história, sociologia e filosofia. Como esperado a prova apresentou-se bastante interdisciplinar.  Apesar de algumas críticas que possam, e devem, ser feitas (principalmente se relacionadas a formulação das questões). Acreditamos que a prova está chegando ao mais próximo do modelo que se consolidará nos próximos anos.

O maior impacto junto aos candidatos foram das questões que apresentavam conteúdos mais relacionados à filosofia e sociologia. Como anunciado, o número de questões que apresentaram conteúdos mais concernentes a tais disciplinas aumentou, o que identificamos como um significativo avanço no Exame.

No que tange aos conteúdos e assuntos relacionados à história a prova manteve sua maior concentração de questões nas Idades Moderna e Contemporânea, com especial atenção à última. Em nossas últimas semanas iniciamos uma série de posts sobre “conceitos importantes para a prova do ENEM” sendo inúmeros deles cobrados.

Uma prova além da prova: o mais importante é que o modelo da prova vem cumprido o que é determinado pelo edital. As competências e habilidades exigidas devem retratar o universo que cerca o candidato, assim como valoriza os repertórios literários, musicais, culturais em geral, não diferenciando ou escalonando em erudito e popular.  É interessante perceber na prova de Linguagem e suas Tecnologias, assim como no ano de 2012, questões que apresentavam temáticas que envolviam processos históricos marcaram presença. Ou seja: uma prova para além da prova.

Bom amigos até a próxima e não se esqueça: não vá se perder por aí!



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2018. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria