Estrutura Agrícola Brasileira: Painel do Campo (Século XXI e Modernização Conservadora)

O século XXI foi marcado por uma alteração na postura governamental em relação aos movimentos sociais. A nova gestão abriu maior margem de diálogo com movimentos sociais e ampliou políticas de financiamento e apoio para pequenos e médios proprietários. Por outro lado, os grandes proprietários também receberam apoio através de incentivos fiscais e infra-estrutura. O maior problema e persistente no campo pátrio é a elevada concentração fundiária, ainda não foi realizada um política de Reforma Agrária eficaz e satisfatória.

Com isso, torna-se claro um processo de "Modernização Conservadora" no campo brasileiro.

O processo agrícola se modernizou, os Complexos Agroindustriais dominaram a paisagem rural do Centro-Sul, a produtividade agrícola atingiu patamares históricos, a exportação ganhou notoriedade no compercio global e o país se consolidou como potência agrícola mundial. O Agronegócio é fundamental na economia brasileira.

Por outro lado, a modernização ajudou a conservar na estrutura fundiária brasileira elevados índices de concentração fudiária, o Brasil está entre os maiores  concentradores do planeta. Além disso, as relações de trabalho permanecem, predominantemente, baseadas na exploração do trabalho e restrição de direitos para o mesmo.

O candidato ao ENEM teve ter em mente esse aspecto contraditório do desenvolvimento brasileiro.

Abaixo uma questão sobre a postagem, com foco na modernização.



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2018. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria