Ecologia: Sucessão Ecológica (parte 01)

 Andamos por aí, passeamos, muitas vezes vamos em parques ou reservas ambientais, praias e florestas observando o quão bonito e prazeroso esses lugares são. Uma certa vez , ao andar pela praia de Grumari no Rio de Janeiro e olhar para sua restinga exuberante pensei:

         Como esse ecossistema deve ter sido milhares de anos atrás?

 Mais tarde, na faculdade, fui além desse questionamento e me perguntei como qualquer ecossistema poderia surgir no nosso planeta Terra e quais seriam os processos que envolveriam as mudanças até o nosso dia de hoje.

Coisa de maluco??? Coisa de biólogo???Não sei, mas sei que ao estudar sucessão ecológica consegui muitas respostas para essas perguntas. 

        Não posso me contentar em guardar esse segredo (rs), vou dividir isso com vocês agora mesmo! Vamos com tudo monstrinhos!


CAIU NO ENEM!!!!!

______________________________________________

A análise de esporos de samambaias e de pólen fossilizados contidos em sedimentos pode fornecer pistas sobre as formações vegetais de outras épocas. No esquema a seguir, que ilustra a análise de uma amostra de camadas contínuas de sedimentos, as camadas mais antigas encontram-se mais distantes da superfície. Essa analise permite supor-se que o local em que foi colhida a amostra deve ter sido ocupado, sucessivamente, por

 a

Gabarito: Letra A
Vídeo comentando a questão:

Definição:

Sucessão Ecológica: É o nome dado ao processo de modificação das comunidades de um ecossistema, desde sua criação até o seu clímax.

 A primeira questão que aparece nesse contexto é a seguinte:

     Como pode surgir um ecossistema pela primeira vez?

Na realidade, ninguém pode provar como o primeiro ecossistema surgiu (ainda), mas podemos refletir sobre alguns ambientes que foram formados pela primeira vez e nunca foram habitados, como por exemplo a ilha de Krakatoa. Essa ilha surgiu após uma intensa vulcanização. Devido ao magma liberado se solidificar, em um certo momento, esse magma solidificado superou a superfície da água, gerando assim uma ilha onde nenhum ser vivia.

Uma foto da ilha de Krakatoa com vulcanização ativa:

a

 

Outra foto da ilha de Krakatoa com atividade um pouco mais amenizada:

a

Nova foto evidenciando a presença de vegetação em um pedaço da ilha:

a

Documentário interessantíssimo do History Channel sobre krakatoa:

Então surge outra pergunta: 

        Meus monstrinhos queridos, quais seriam os primeiros seres capazes de colonizar esse ambiente?

Os seres classificados como seres pioneiros!

Definição:

Seres pioneiros: Aqueles que conseguem colonizar inicialmente um ambiente com poucos nutrientes no solo e baixa quantidade de matéria orgânica local. 

       Os seres pioneiros são os líquens, cianobactérias e briófitas, eles conseguem se fixar nesses ambientes com solo pobre pois sua exigência por nutrientes não é grande. Após a colonização inicial, estes mesmo seres ainda fazem algo mais importante, eles geram matéria orgânica para enriquecimento do solo e facilitam assim a colonização desse ambiente por outros seres de porte maior e com mais exigência nutritiva. Isso acontece ao longo da vida de qualquer ser vivo, inclusive dos pioneiros, pois os seres nascem, se reproduzem e morrem. Ao longo dos milhares de anos, a morte dos seres pioneiros contribui para enriquecimento do solo com matéria orgânica.

Vamos então gravar dois importantes lemas da ecologia que eu costumo ensinar nas minhas aulas:

      Primeiro lema: Quando alguém morre, a matéria não vai para o além!!!

      Segundo Lema: O destino de todos nós, é virar nutriente!!!

             O que isso significa meus monstrinhos da bio?

TODOS os seres que morrem sofrem decomposição, consequentemente viram nutrientes que deixam o solo mais fértil.

Vamos ver agora um vídeo onde vou explicar melhor esse processo.

 

    E então? Conseguiram compreender melhor o processo? Existe um termo que é dado para a primeira colonização de um ecossistema jamais habitado por algum ser vivo, e agora podemos comentar melhor esse termo.

Definição:

Sucessão Primária: Processo de colonização de um novo ambiente, jamais habitado por algum ser vivo.

Obviamente nós sabemos que os primeiros organismos que irão colonizar esse lugar serão os seres pioneiros, pelos motivos já citados nessa aula.

      Vamos observar agora alguns exemplos importantes de sucessão ecológica:

Sucessão Ecológica em um lago:

a

Sucessão Ecológica em regiões de praias arenosas:

a

Sucessão Ecológica em florestas:

a

 

         Monstrinhos, na próxima aula iremos terminar o assunto Sucessão Ecológica e realizar exercícios para fixar o conhecimento. Não deixem de curtir a aula lá em cima e compartilhar! Podem comentar e postar dúvidas.

Bons estudos e humilhem! Bruno Pires 



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2017. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria