Ecologia: Bioacumulação ou Magnificação Trófica

         Monstrinhos da Bio, chegamos ao final do módulo de ecologia e vamos comentar um tema clássico dos vestibulares. Preparados??? Vamos humilhar!!!!

Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende.

João Guimarães Rosa

 

Bioacumulação:

É o processo pelo qual substâncias tóxicas, não biodegradáveis, se acumulam ao longo dos níveis tróficos de uma cadeia alimentar.

CAIU NO ENEM!!!!!

_______________________________________________

A figura representa uma cadeia alimentar em uma lagoa. As setas indicam o sentido do fluxo de energia entre os componentes dos níveis tróficos.

a


Sabendo-se que o mercúrio se acumula nos tecidos vivos, que componente dessa cadeia alimentar apresentará maior teor de mercúrio no organismo se nessa lagoa ocorrer um derramamento desse metal?

(A) As aves, pois são os predadores do topo dessa cadeia e acumulam mercúrio incorporado pelos componentes dos demais elos.

(B) Os caramujos, pois se alimentam das raízes das plantas, que acumulam maior quantidade de metal.

(C) Os grandes peixes, pois acumulam o mercúrio presente nas plantas e nos peixes pequenos.

(D) Os pequenos peixes, pois acumulam maior quantidade de mercúrio, já que se alimentam das plantas contaminadas.

(E) As plantas aquáticas, pois absorvem grande quantidade de mercúrio da água através de suas raízes e folhas.

Gabarito: Letra A


Conceitos importantes:

Para entender esse fenômeno devemos lembrar de dois processos sobre cadeia alimentar.

Fluxo de Energia: Como vimos na aula de fluxo de energia, a medida que os níveis tróficos das cadeias alimentares aumentam, a energia transmitida diminui.

Biomassa ingerida: Como a energia que passa pelos níveis tróficos vai diminuindo, os seres de topo de cadeia devem consumir uma biomassa alimentar maior para suprir sua demanda energética.

              Visto esses dois conceitos importantes, vamos agora esclarecer como ocorre a magnificação trófica.

Numa cadeia alimentar em um ambiente poluído, os produtores podem assimilar toxinas diretamente do meio ambiente. Esses produtores por sua vez, serão consumidos por consumidores primários que acabam ingerindo as toxinas presentes nos organismos que servem como alimento. O ciclo continua progressivamente, os consumidores primários acumulam as toxinas em seus tecidos e servem de alimento para os secundários, a mesma coisa ocorre até o nível trófico mais alto da cadeia alimentar.

Figura que mostra o processo em um ecossistema aquático:

a

Como o fluxo de energia e a biomassa ingerida potencializam o processo de bioacumulação?

Como a energia que chega ao topo da cadeia é muito pequena, e os predadores de um nível trófico elevado devem comer mais, toda essa biomassa ingerida pode apresentar toxinas não biodegradáveis, apresentando maior concentração justamente nos organismos de topo de cadeia alimentar.

Principais toxinas que geram acumulação:

Metais pesados, chumbo, mercúrio, cádmio, agrotóxicos, resíduos de pilhas e baterias, resíduos de lixo eletrônico e pesticidas.

Vídeo interessante citando alguns impactos com metais pesados:


               Tudo certo até agora monstrinhos?Vamos então treinar com os exercícios e mostrar que estamos humilhando no assunto! heeeeeeeeey!!!

Teste seus conhecimentos:

1) Além do impacto ambiental agudo advindo do derramamento de grandes quantidades de óleo em ambientes aquáticos, existem problemas a longo prazo associados à presença, no óleo, de algumas substâncias como os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, mutagênicos e potencialmente carcinogênicos. Essas substâncias são muito estáveis no ambiente e podem ser encontradas por longo tempo no sedimento do fundo, porque gotículas de óleo, após adsorção por material particulado em suspensão na água, sofrem processo de decantação. 

As substâncias mutagênicas mencionadas no texto podem atingir o topo da pirâmide alimentar através do fenômeno denominado: 
a) biogênese 

b) biossíntese 

c) biodegradação 

d) bioacumulação

e) eutrofização



2) Os pesticidas orgânicos foram desenvolvidos a partir da década de 40 do Século XX. Sua grande eficácia contra pragas da lavoura surpreendeu a todos. Por outro lado, sua alta persistência no ambiente resultou, após algum tempo, num grande índice de mortalidade de aves, as quais não entravam em contato direto com esses produtos. Este fato se relaciona ao conceito ecológico de magnificação trófica, que significa:

a) degeneração da cadeia alimentar.

b) acumulação de resíduos tóxicos nos animais de maior porte, porque estes consomem maior quantidade de alimento.

c) aumento gradativo da concentração de produtos tóxicos, de forma crescente, a cada nível trófico da cadeia alimentar.

d) uma maior resistência de animais de níveis tróficos inferiores à toxidade desses produtos, em relação a animais que ocupam níveis tróficos superiores.

e) aumento gradativo da sensibilidade de animais que ocupem níveis tróficos superiores, em relação a substâncias tóxicas.

 

3) "Brasil é rota da sucata de chumbo." (Jornal do Brasil - 28/03/94) 

"Poluição põe Cubatão em emergência." (Folha de São Paulo - 02/09/94) 

"Redução de ozônio aumenta casos de câncer de pele." (Jornal do Brasil - 02/09/94) 

Essas e centenas de outras manchetes de jornal nos alertam sobre a gravidade dos problemas ambientais ocasionados pelas atividades do próprio homem. A seguir são feitas (4) afirmativas relacionadas a essa problemática atual. Analise-as: 

I - O chumbo, como outros subprodutos de indústrias, acumula-se nas cadeias alimentares gerando um problema chamado magnificação trófica. 
II - Principalmente no inverno ocorre o fenômeno natural, a inversão térmica, que não traria graves problemas se não interferisse na dispersão dos poluentes. 
III - O aquecimento global do planeta, denominado efeito estufa, é fruto da intensa atividade industrial e da contínua queima de combustíveis. 
IV - O lançamento excessivo, na atmosfera, de gases como metano, destroem de forma irreversível a camada de ozônio. 

São corretas as afirmativas: 

a) apenas I e II. 

b) apenas II e III. 

c) apenas I, II e III. 

d) apenas I, III e IV. 

e) I, II, III e IV.

Vídeo comentando as questões:

Gabarito: 

1) D

2) C

3) C

 



@ copyright ( Sou + ENEM ) 2018. Todos os Direitos reservados.

Logo Webteria